<iframe src="https://www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-PBG4WG" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden">
Stibo Systems - The Master Data Management Company
Stibo Systems - The Master Data Management Company

Quais são as novas tendências para a indústria de bens de consumo (CPG)

24/11/21 16:06
| 17 minutos de leitura

A indústria de bens de consumo, também conhecida como CPG (Consumer packaged goods) é uma das indústrias que mais passou por transformações na era digital.

Num mundo novo pós-pandemia, os novos comportamentos de compra dos clientes fez com que a indústria de bens de consumo como um todo tivesse que se reinventar.

Ou seja, para melhor atender as expectativas do cliente e garantir uma excelente experiência do cliente, as empresas tiveram que entender melhor essa nova realidade.

Se você tem uma empresa de CPG ou se trabalha em alguma empresa dessa área, sabe que agora os clientes estão focando muito nas experiências de compra e de jornada.

Pense no seu próprio caso: agora que você precisou comprar muitas coisas de forma online, quanta importância você começou a dar para a experiência de compra? Provavelmente, essa importância aumentou.

Afinal, se você está usando canais digitais com maior frequência do que canais físicos, é normal que a questão da jornada do shopper seja mais relevante.

Portanto, hoje os shoppers esperam cada vez mais ter um engajamento conveniente e personalizado em cada interação. E num mundo de constante informação vindo de todos os lados, oferecer a melhor experiência é o único jeito de criar lealdade.

Hoje vamos falar das principais tendências que estão ocorrendo no mercado de bens de consumo em 2021.

 

Quais são as novas tendências para a indústria de bens de consumo (CPG)

 

5 tendências que empresas de bens de consumo (CPG) precisam entender:

De março 2020 até junho 2021 a indústria de Consumer Packaged Goods viu uma imensa proliferação de novos aplicativos, plataformas e serviços que tem remodelado o comportamento do consumidor:

Isso foi intensificado na pandemia com as seguintes tendências:

 

1) Aumento do consumo de mídias e comercio digitais

Essa tendência provavelmente irá continuar durante os próximos anos, uma vez que os consumidores perceberam que comprar na internet é mais prático e, muitas vezes, mais barato.

 

2) A maior conveniência está fomentando compras online

Aproximadamente 90% dos consumidores dizem que a conveniência determina a forma como consomem produtos e serviços. Isso, em conjunto com a disponibilidade de produtos, facilidade de encontrar produtos e rapidez para finalizar uma compra, contribuem para essa melhora na experiência do consumidor.

 

3) O aumento do interesse em sustentabilidade e saúde

O tema da saúde não é novo, porém a pauta da sustentabilidade vem ganhando relevância não apenas no dia a dia das empresas mas também na consciência do cliente. Inclusive, vendas de produtos categorizados como sustentáveis estão crescendo quase 6 vezes mais rápido do que produtos convencionais.

 

4) Marcas próprias do varejo estão ganhando tração

Aproximadamente 70% dos consumidores acreditam que produtos de marcas próprias de empresas de varejo são tão boas quanto marcas já conhecidas.

 

5) Consumidores estão buscando marcas Direct to Consumer (D2C)

O modelo D2C permite que empresas vendam diretamente ao consumidor final, evitando intermediários.

 

Como as tendências de bens de consumo ditam o comportamento:

Agora você pode estar se perguntando como essas tendências se unem.

Bem, acontece que cada vez mais os consumidores pedem transparência nos dados. Ou seja, os clientes estão cada vez mais exigentes com relação a informações sobre os produtos que compram.

Novamente, pense na sua própria experiência. Se você compra um produto online, como um suplemento alimentar, ou uma nova marca de Cookies veganos.

A tendência é que você provavelmente vai querer saber o máximo de informação sobre os ingredientes, origem do produto, como foi produzido etc.

Ou seja, hoje em dia esse tipo de informação tem um peso importante na tomada de decisão do consumir, principalmente na indústria de bens de consumo.

Portanto, atender essas demandas dos seus consumidores requer que sua empresa seja transparente nas interações e nas informações que seus clientes querem obter.

Ademais, na indústria de bens de consumo você precisa sempre lidar com diversos dados como informações nutricionais ou de etiqueta, ou assuntos regulatórios. Em 2017 quando saiu a nova regulação de alergênicos, muitas empresas tiveram dificuldade no processo de atualização de todas as informações nas embalagens.

Imagine também que no caso de uma empresa de alimentos, você pode também lidar com informações de receitas, o que pode gerar uma imensidão de dados. E se esses dados não estiverem corretamente organizados, você terá uma dor de cabeça e perderá muito tempo tentando encontrar ou até mesmo verificar informações.

Para fazer isso, sua empresa precisa de um sistema centralizado de gestão de dados que garante que seus dados estejam sempre atualizados, precisos e que sejam confiáveis.

Dessa forma, você pode entregar essa confiabilidade aos seus parceiros e consumidores, enquanto tem um sistema que mantém a privacidade dos dados.

E é aqui que entra a oportunidade: embora 79% das empresas de bens de consumo entenda a importância dessa estratégia de dados, apenas 21% empresas de fato já implementam essa estratégia.

E no mundo de hoje, quem lidera é quem faz o bom gerenciamento de dados.

 

Indústria de bens de consumo (CPG)

5 oportunidades para o sucesso da indústria de bens de consumo (CPG) em 2021:

Como você viu acima, existem várias tendências que estão guiando a indústria de bens de consumo.

No entanto, para vender nessa nova era de consumo, os líderes de CPG precisam enxergar as oportunidades que estão sendo criadas e trabalhar no gerenciamento de dados.


1) Acelerar a transformação digital

A maioria dos fabricantes de CPG buscam a transformação digital há anos. No entanto, o aumento da confiança do consumidor nos canais digitais ressalta a necessidade de acelerar o processo. O acesso a informações precisas e atualizadas, prontas para oferecer suporte às ferramentas e tecnologias inovadoras mais recentes, é fundamental.

Permitir a transparência de dados em toda a empresa e com parceiros e clientes é um componente essencial para fornecer as experiências envolventes que os consumidores exigem e esperam.



2) Alavancar o poder de dados de supply chain

Isso inclui a atribuição de dados em nível de produto para extrair, validar e compartilhar informações ambientais, de sustentabilidade e de origem.

Ou seja, isso possibilita a rastreabilidade e fornece a capacidade de melhor medir e compartilhar dados sobre responsabilidade social corporativa.

Isso, por sua vez, reforça a confiança em sua empresa, produtos e marca.



3) Aumentar a eficiência operacional

As marcas CPG agora contam com um número de canais em constante evolução e expansão.
Portanto, usá-los de forma adequada e consistente leva a um aumento no volume, variedade e complexidade das fontes de dados.

É importante gerenciar tudo para garantir que as equipes trabalhem de maneira eficiente, automatizando e otimizando os processos de dados e fluxos de trabalho, proporcionará benefícios como colaboração e tomada de decisões aprimoradas.

 

4) Aumentar agilidade nos negócios

À medida que o comportamento do consumidor continua mudando, as marcas precisam ser capazes de responder proativamente e se adaptar rapidamente.

A incapacidade de gerenciar e compartilhar dados e de permitir a transparência de dados prejudica a agilidade dos negócios e torna mais caro e difícil integrar produtos, expandir sortimentos e otimizar valor de novos canais digitais.

Uma única fonte confiável de dados permite que as empresas compartilhem informações de maneira eficiente com varejistas e parceiros e atendam a suas expectativas e prazos agressivos.

 

5) Entregar uma excelente experiência do consumidor

Uma abordagem única e centralizada para os dados permite uma visão 360 ° dos clientes, permitindo que as marcas compartilhem informações e conteúdos precisos e relevantes e ofertas personalizadas.

Aproveitar esse tipo de transparência de dados melhora a experiência do cliente, gerando maior engajamento, lealdade e crescimento.


O valor do brand experience:

A entrega de conteúdo consistente e rico para parceiros de varejo e distribuição é um aspecto essencial da criação de uma experiência envolvente de produto / marca.

Isso é o verdadeiro brand experience.

Uma boa experiência de marca requer uma solução comprovada para extrair valor dos dados conectando-os, enriquecendo-os, governando-os e distribuindo-os, para levá-los a qualquer pessoa, em qualquer lugar, exatamente quando for necessário.
Portanto, implementar uma solução integrada para gerenciamento de dados é uma abordagem ideal.

Esse tipo de sistema de gestão de dados em inglês se chama Master Data Management (MDM). Esse tipo de solução elimina silos de dados, integra dados entre sistemas e domínios, e com recursos de terceiros e parceiros.

A Stibo Systems é uma empresa líder no segmento de Master Data Management, e oferece uma solução única que ajuda negócios a serem mais eficientes com a gestão de dados.

A capacidade do MDM de ajudar a resolver esses desafios de dados e preparar o terreno para o sucesso pode não ser algo tão conhecido para todos.

E como a gestão de dados é fundamental para qualquer empresa de CPG, você não pode se dar ao luxo de não ter esse tipo de solução.

Portanto, a seguir estão as perguntas comuns que os líderes de CPG costumam ter, junto com uma visão de como as soluções de MDM nativas da nuvem da Stibo Systems podem resolvê-las.

 

Como a gestão de dados (MDM) ajuda empresas de bens de consumo?

Vamos abordar algumas das dúvidas mais frequentes no que diz respeito ao sistema de gestão de dados Master Data Management (MDM).

 

1) Como um sistema de MDM ajuda a compartilhar informação de forma mais eficiente com parceiros?

Um exemplo simples é que pensar no processo de responder a cada solicitação individual de um novo item dos varejistas.
Esse tipo de processo pode ser muito demorado e ineficaz.

Já o MDM com organização integrada de dados do produto (PDS) é ideal para atender a essa necessidade. Entre muitas inovações está o catálogo de dados.

Esse catálogo agiliza o processo, permitindo que os fabricantes compartilhem seu catálogo completo com os varejistas, dando-lhes a capacidade de extrair os dados do produto, regulações, e o conteúdo rico e preciso de que precisam exatamente quando precisam.



2) Como podemos melhorar e medir a precisão dos dados do produto em todos os canais?

Garantir que os consumidores possam descobrir produtos em sites de varejo torna fundamental ter palavras-chave e descrições de produtos adequadas em todas as listagens em todos os canais digitais.

Com uma infinidade de listagens e varejistas, pode ser difícil fornecer visibilidade de como todos os itens estão listados. Para resolver isso, o PDS inclui uma comparação de produtos e recurso de pontuação para entender as diferenças entre a listagem de dados e o que é publicado atualmente em sites de varejo para que possam ser atualizados, se necessário.



3) O MDM pode melhorar o gerenciamento de relacionamentos cada vez mais complexos com clientes e parceiros B2B?

Para entender o verdadeiro valor do cliente, identificar e mitigar riscos e implementar estratégias de vendas eficazes, os fabricantes de CPG precisam de uma visão única e unificada de todo o ecossistema de clientes indiretos e diretos.

Ao criar um entendimento completo de todos esses perfis organizacionais, hierarquias e relacionamentos, o MDM permite uma tomada de decisão melhor e mais informada e processos mais econômicos e experiência do consumidor de B2B aprimorada.

Além disso, permite que sua empresa faça uma melhor gestão das ofertas para cada distribuidor.

 


4) Como o MDM ajuda a gerenciar o volume e a variedade de dados em constante crescimento com mais eficiência?

Uma solução flexível e nativa de nuvem (cloud-native) construída em uma plataforma integrada comprovada que suporta os padrões do setor é um bom começo.

Procure ter uma experiência do usuário intuitiva para permitir que usuários comerciais e técnicos naveguem de forma rápida e fácil. Recursos como o best-in-class e a capacidade de construir um Digital Business Hub de vários domínios para acesso centralizado a todos os tipos de dados permitirão que a solução seja dimensionada para atender à demanda em constante crescimento.

Ademais, uma solução multidomínio te ajuda a lidar um dados variados: matéria-prima, receitas, fornecedores, entre outros.


5) Podemos usar analytics para melhorar a qualidade e o valor do processo e dos dados?

Uma solução de multidominio com uma plataforma analítica incorporada (embedded analytics platform - EAP) permite que os usuários conectem e combinem diferentes tipos de dados, sem complicações.

O EAP pode ajudar a identificar insights valiosos e exclusivos e tomar decisões melhores, mais rápidas e mais confiáveis para alimentar os negócios em geral e a inovação da marca.

 

Como obter uma plataforma de gestão de dados (MDM) para vender na indústria de bens de consumo?


Bem, agora você já entendeu como as tendências de consumo estão ditando o comportamento que as empresas de CPG deverão adotar para vencer na indústria de bens de consumo.

O gerenciamento de dados (Master Data Management) é uma excelente maneira para as marcas se prepararem e prosperarem nesse novo cenário. Isso se aplica não apenas a 2021, mas também ao futuro daqui para frente.

Se a sua empresa quer se destacar, então certificar-se de que a solução escolhida é otimizada para atender aos seus desafios e necessidades específicos - e que a empresa por trás está profundamente envolvida em CPG é essencial.

E nesse contexto a Stibo Systems pode ajudar.

A Stibo é uma empresa de mais de 200 anos com sede na Dinamarca, e cujo compromisso com seus clientes é de longo prazo.

A Stibo Systems é líder mundial no segmento de Master Data Management (gestão de dados) e já ajudou diversas empresas a transformarem seus negócios. Veja aqui cases de sucesso de empresas como Kellog’s.

Para saber mais sobre como a Stibo pode ajudar a sua empresa a prosperar na nova era da indústria de bens de consumo (CPG) clique aqui para ler nosso e-book sobre como se tornar uma empresa orientada por dados.

 


Alexandre Abdoun

Gerente de Marketing da Stibo Systems Brasil. Como um profissional de marketing experiente, Alexandre gosta de explorar oportunidades de negócios e entender como a mudança no comportamento do consumidor molda a nova forma em que empresas se comunicam com seu público.



← Post anterior

SIGA O BLOG

Adicione o seu email para seguir o blog e receber notificações de atualizações por email.

CATEGORIAS