Stibo Systems - The Master Data Management Company
Stibo Systems - The Master Data Management Company

3 passos para vender mais nessa Black Friday

29/11/21 15:37
| 13 minutos de leitura

Todos os anos, os brasileiros celebram algumas datas sazonais, e uma delas é a Black Friday.

Para os consumidores, a Black Friday é uma oportunidade de aproveitar os descontos para comprar produtos à bons preços.

Já para os comerciantes, a Black Friday é uma oportunidade de alavancar as vendas, e aumentar o faturamento.

Ou seja, é um momento estratégico para empresas, uma vez que muitas empresas conseguem salvar resultados de trimestres com fortes vendas em datas sazonais.

Porém, a Black Friday só será efetiva se a sua empresa tiver uma boa estratégia digital e estiver pronta para aproveitar essa data da melhor maneira.

No artigo de hoje vamos elencar os principais pontos que sua empresa precisa dominar para aproveitar ao máximo a Black Friday.

 

3 passos para vender mais nessa Black Friday

 

Estratégia de e-commerce na Black Friday:

Quem pensa Black Friday hoje em dia, com certeza pensa em e-commerce ou marketplace.

O consumidor está sempre buscando maior conveniência, e o e-commerce facilita muito a experiência de compra, principalmente durante alguma data sazonal.

As vendas online não são um tema novo, porém é um fenômeno que se acelerou muito durante a pandemia em 2020. Muitos dizem que o mercado varejista evoluiu 10 anos em 10 meses.

E é verdade, pois o mercado passou por um darwinismo extremo: quem já tinha presença digital conseguiu prosperar ainda mais. Em contrapartida, quem não tinha presença digital precisou correr para se adaptar, ou foi extinto.

Para se ter uma dimensão do impacto da pandemia no e-commerce, dados da Nuvem Shop mostraram que as vendas online superaram 4 trilhões de dólares em 2020. Isso, por sua vez, representa um crescimento de quase 28% em relação a 2019.

 

Fidelização de clientes na Black Friday:

Quando se fala em Black Friday, a primeira coisa que vem em mente é um grande fluxo de clientes querendo aproveitar preços descontados.

Ou seja, é uma excelente oportunidade para atrair novos clientes e fidelizar esses clientes, para que desenvolvam um relacionamento de longo prazo. Isso, por sua vez, fará naturalmente com que comprem novamente.

Porém, um cliente não irá se fidelizar sozinho. Existe todo um processo que sua empresa precisa colocar em prática para que isso ocorra. Inclusive, entender quais canais fazem mais sentido para cada cliente.

Primeiramente, entenda que o cliente irá interagir com sua empresa via vários canais diferentes, sejam eles online ou off-line. Portanto, você precisa entender quais canais trazem os melhores clientes, e quais canais funcionam melhor para cada cliente.

Dessa forma você cria uma coisa muito importante: identificação com sua marca. Pense nas maiores marcas do mundo, e você verá que a maioria dos consumidores sentem uma conexão com essas marcas, muito mais do que uma simples relação de compra e venda.

Portanto, você precisa ter um sistema para analisar a retenção de clientes. Como está o seu churn-rate? Ou seja, sua taxa de evasão de clientes.

Pense que se um cliente satisfeito te faz brilhar, um cliente insatisfeito pode acabar com a sua reputação. E esse é um ponto de extrema atenção: conheça o seu NPS (Net Promoter Score), pois ele será uma referência para o sucesso da sua empresa. Sua reputação no Reclame Aqui pode ser a diferença entre atrair vários clientes novos ou espantar pessoas que poderiam ter sido clientes.

Ferramentas como o NPS buscam entender como foi a experiência do cliente com o seu negócio, e se o cliente recomendaria o seu negócio para algum amigo(a).

 

3 passos para vender mais nessa Black Friday

As métricas e práticas para vencer na Black Friday:

Vamos falar de algumas métricas e práticas que você pode fazer e analisar para garantir que consiga aumentar as suas vendas nessa Black Friday.


Ações e mídias sociais

Primeiramente, você precisa de uma estratégia de conteúdo e tráfego orgânico para atrair leads para seu negócio. Essa estratégia pode ser suportada por uma estratégia de mídia paga.
Por exemplo, você pode ter uma estratégia de geração de conteúdo num blog, onde endereça os problemas do cliente e faz uma conexão sutil com os seus produtos, mostrando como eles resolvem a vida dos clientes.

Se você é uma rede varejista e está fazendo algum tipo de promoção na loja e online (do tipo “Compre x, ganhe y”) para suportar a aceleração das vendas, é importante que você tenha como analisar essas métricas de forma online.

Ou seja, você precisa ter algum sistema de analytics ou análise unicamente para esse tipo de promoção. Além disso, é importante que a sua promoção não fique somente na loja, e sim em algum canal online (seja no site, no app, etc.).

Ademais, é importante que todos os perfis das redes sociais da sua empresa estejam com a comunicação alinhada a estratégia de Black Friday (posts, etc.).


Construção de funil de vendas para jornada do cliente na Black Friday:

Quando você quer atrair clientes, é importante atrair os clientes certos. E a melhor forma de você fazer isso é construindo um funil de vendas efetivo que permita filtrar as pessoas que realmente estão interessadas no seu produto.

Quando pensamos num funil, devemos pensar em atração, interesse, conversão e retenção. Ou seja, você precisa gerar conteúdo de topo de funil (blogs, posts, etc.), para filtrar as pessoas que realmente sentem a dor, e criar um interesse.

Uma vez que o interesse é criado, você precisa trabalhar no processo de maturação, ou seja, gerar a confiança necessária no cliente de que a sua solução pode ajudar a pessoa a resolver seu problema.

O passo seguinte é engajar com ele, para que ele se torne um cliente, um comprador. Dependendo do produto que você tem, pode ser uma amostra grátis, ou algo do tipo.

O último passo, porém, não menos importante, é trabalhar na fidelização e retenção do cliente. Estratégias como cartão da empresa, cartão fidelidade, promoções exclusivas para clientes e coisas do tipo são boas formas de se manter o relacionamento sempre aquecido.


Digital e mídia paga para promoções de Black Friday:

Hoje em dia não se pode falar de Black Friday sem falar de estratégia de marketing digital. Vamos, portanto, falar de Google Ads.

Quando você faz um anúncio pago, você está comprando tráfego. Portanto, precisa definir quem é o tipo de pessoa que você vai atrair para falar das suas ofertas de Black Friday. Ou seja, seu público-alvo.

Ademais, você precisa definir as palavras chaves corretas que seu público-alvo poderia estar procurando.

Nesse sentido, se você vende tênis de corrida, pode pensar em palavras-chave que tenham a ver com isso, por exemplo “tênis de corrida feminino” ou algo do tipo.

Com isso, você pode escolher o tipo de anúncio que quer fazer: display ou pesquisa.

Um anúncio de rede de pesquisa te ajuda a capturar leads de acordo com o que as pessoas estão pesquisando. E um anúncio de rede de display permite que seu anúncio apareça em sites de conteúdo relacionado.

E é claro que para mensurar o resultado, você precisa de métricas. Quando falamos de anúncios, é importante analisar o CPC (custo por clique), o CPA (custo por aquisição), o CTR (taxa de cliques).

Ademais, você pode avaliar como essas ações digitais produzem tráfego, versus seu tráfego orgânico. Com isso, ferramentas como o Google Analytics te permitem avaliar o fluxo de visitas ao site ou à páginas específicas de produtos.

Portanto, ao analisar a quantidade de acessos numa linha do tempo, é uma forma de você saber como e quando os anúncios pagos impactaram os acessos.

 

Como impulsionar o desempenho das suas ofertas de Black Friday:

Ao fazer todas as implementações digitais, você precisa ter em mente que uma imensidão de dados será gerada dentro do seu sistema.

Ou seja, cada interação com os clientes vai gerar dados. E o segredo aqui é você saber como analisar esses dados e como tratar eles.

Bem, existe uma coisa chamada Master Data Management (MDM), que em português significa gestão de dados mestre. Para simplificar, pense que se trata da gestão de todos os dados fundamentais que sua empresa tem.

Ou seja, dados de produtos, dados de clientes, todos os dados que são criados quando você cria um novo SKU, ou quando um cliente tem alguma interação com a sua empresa.

Aqui quero focar especificamente nas vantagens da gestão de dados de produto (Product Master Data Management). Afinal, este é um ponto crucial para qualquer varejista ou negócio de e-commerce.

Primeiramente, ao implementar um sistema de MDM de produto, você pode fazer uma integração de dados de produto. Você pode fazer a integração com sistemas de outros fornecedores.

Ademais, o Product Master Data Management te permite criar uma única versão dos dados usando regras, controles, fluxos de trabalho e classificação automática baseada em machine learning.

Isso por si só ajuda a sua empresa a tomar melhores decisões, conduzir melhores processos e assim lançar produtos mais rapidamente, atingir melhores resultados operacionais, aumentar as receitas e ganhar Market share.

Porém, essas não são as únicas vantagens de se ter um sistema de gerenciamento de dados de produto.

Você também pode distribuir as informações para todos os seus canais de comercialização, físicos e digitais. Além disso, você pode também distribuir e integrar esses dados em vários canais como provedores de serviço de conteúdo, pools de dados, mercados, entre outros.

 

Como adquirir um sistema de gerenciamento de dados de produto?

Se a sua empresa quer se destacar no varejo ou no e-commerce e arrasar na Black Friday, então certificar-se de que a solução escolhida é otimizada para atender aos seus desafios e necessidades específicos.

E é aí que a Stibo Systems pode ajudar a sua empresa.

A Stibo é uma empresa de mais de 200 anos com sede na Dinamarca, e cujo compromisso com seus clientes é de longo prazo.

A Stibo Systems é líder mundial no segmento de Master Data Management (gerenciamento de dados mestre) multidomínio e já ajudou diversas empresas a transformarem seus negócios com a sua solução única e exclusivamente focada no segmento de MDM.


E como a Stibo faz isso? Bem, a nossa solução Master Data Management multidomínio permite que as organizações reúnam seus ativos de dados mais valiosos de vários sistemas e domínios, e os distribua a todos os usuários, permitindo a entrega de transparência de dados. E com isso, fornecendo uma versão única e confiável das informações em toda a empresa e em todo o ecossistema.

Para saber mais sobre como a Stibo Systems pode ajudar você a prosperar no varejo e no e-commerce e garantindo um excelente desempenho de vendas no dia da Black Friday clique aqui.

 


Alexandre Abdoun

Gerente de Marketing da Stibo Systems Brasil. Como um profissional de marketing experiente, Alexandre gosta de explorar oportunidades de negócios e entender como a mudança no comportamento do consumidor molda a nova forma em que empresas se comunicam com seu público.



← Post anterior
Próximo post →

SIGA O BLOG

Adicione o seu email para seguir o blog e receber notificações de atualizações por email.

CATEGORIAS